Archive for agosto \29\UTC 2008

h1

A filosofia nos filmes bobos

agosto 29, 2008

Eu adoro um filme cult , daqueles com uma estética bem diferente, ou que deixam a gente pensando hroas e horas sobre a vida, o tempo , os relacionamentos, o dia dia e etc. O que não quer dizer que eu dispense uma bobagem, ou uma comédia romântica daquelas bem mela cuecas, que na primeira cena a gente jpa sabe o final. Mas o engraçado é que alguns desses filmes bobos de doer, acabam tendo uma filosofia legal, por trás ou diálogos bem inspirados. Alguns exemplos:

Hitch- Conselheiro amoroso: o legal desse filme é premissa de que ” apesar de ter todas as respostas, ele ainda tinha algumas perguntas” , apesar do cara expert na hora de dar conselhos pros outros sobre como conqusitar uma mulher, na hora que ele se apaixonou se embananou todo. Ou vai dizer que as vezes as pessoas nos consideram ótimos conselheiros, mas quando o lance é com a gente…Xiiii.

 

Quero ficar com Polly: adoro esse filme, porque ele mostra que muitas vezes a pessoa maaais errada, pode ser a mais certa. E pode surgir da onde a gente menos espera. Aliás eu amo a personagem da Jen nesse filme, e uma das que eu mais identifico -juro!- acho o máximo a confusão mental da fofa.  E gosto do figurino meio “Jogado- planejado”, que ela usa também.

 

Aquamarine: vale pelo diálogo fofésimo:

Aqua( a sereia, do filme, revoltada porque o cara que ela gostava não gostava dela digamos, assim, da mesma forma) :

– Mas porque as pessoas dão tanta importância ao amor? Amor isso, amor aquilo…Pra mim o amor fede!

Uma das meninas ( não lembro qual agora) :

– É porque o amor é mais perto que conseguimos chegar da magia…

Ai, suspirei! Rs

Calma, gente que ainda não procurei filsosofia nas músicas do Mc Créu. Hahaha..

Mas quais são os filmes bobos preferidos de vocês?

Anúncios
h1

Além de ser lindo, o cara sabe das coisas

agosto 26, 2008

” Não sei explicar. Acho que é um conjunto. Quando é, é.” Rodrigo Santoro em entrevista no caderno Ela do Globo, quando perguntaram para ele como deveria ser a mulher ideal.

Resposta simples, verdadeira e nada clichê.

Olha, Rodrigo se voce quiser passar lá em casa pra saber se ” quando é, é” fica à vontade, viu? Hahaha…

E eu já tive a graça de vê-lo pessoalmente…Posso afirmar que é tudo isso mesmo.

h1

Pobre do meu salário…

agosto 25, 2008

Primeiramente, gostaria de agradecer as mensagens sobre o tópico anterior. Rs…Tanto as que estão aqui, quanto as em off, ri muito com as dicas de vocês. Até a Fê da Oficina,  opinou( olha que chique!). O que eu posso dizer que é aos poucos o lance está se desenrolando, assim ao ritmo de uma música do Dorival Caymmi, mas ainda vou precisar de um tempinho pra saber se é mais um caso de ” ele simplesmente não está afim de você” ( quero nem pensar…ui!).

Mas deixando os rolos enrolados de lado, queria comentar sobre as coleções de verão que finalmente chegaram nas lojas. A da Cantão, eu confesso, deixou um pouco a desejar após aquele desfile lindo do Fashion Rio, mas acho que as coleções de verão só vão “esquentando ” lá pra novembro que é quando chegam as coisas mais legais. Estou sentindo falta das blusinhas tipo quimono tão presentes no desfile, e tão escassas nas lojas. Claro que tem umas estampas lindas( e caaaras), mas eu ainda tô botando fé e com certeza uma parte do meu salário vai acabar ali!

A Totem está realmente uma graça, mas é claro que as minhas estampas preferidas ainda não chegaram, fazer o que… Mas fiquem de olho na estampa de tucanos. Achei o máximo. Pior que tem que ficar de olho nesse caso, porque eles mandam ” 3 vestinhos de cada tamanho de tal estampa pra cada loja” e aí  quem chegar por último é a mulher do padre. Eu achei as bolsas da coleção uma graça também, eu não sei se eu sou mega desligada e não tinha reparado, mas acho que é a primeira coleção que a Totem faz bolsas.

Sobre a Leeloo eu ainda não posso opinar proque não vi direito, só as vitrines e quero que o site entre novo entre no ar logo!! Pode parece neurose minha, mas eu sou do tipo que evita ao máximo ir na loja “só pra dar uma olhadinha” e ficar duas horas zanzando e não levar nada.  Ok, coisas de quem já foi vendedora… Claro que ninguém tem a obrigação de comprar nada, mas se eu puder ir na loja já tendo as referências do site, e só experimentando aquilo que realmente me nteressa, prefiro. Poupa o meu tempo e o da vendedora, por isso faço aqui um apelo ás lojas: invistam o máximo que puderem em sites, porque eles se tornaram ferramentas muito importantes para conhecer uma coleção. mas eu amei tanto essa coleção de inverno deles( inspirada no balé!) que duvido que a de verão me agrade tanto.

A Farm, eu achei bem fraquinha…Aliás sou uma das poucas cariocas que não acham a marca ” o último biscoito globo do pacote”.  Ok, ok de vez em quando eu me rendo, até porque alguams estampas são lindas e só. Acho realmente que o custo benefício não compensa. Buuut…Minha opinião.

E pra completar, já que eu acho que vou comprar mais sapato e bolsa do que roupa essa estação( hehehe),  eu estou encantada com a Arezzo. Sandálias lindas, lindas… E bolsas. E todo o resto. Até a minha carteira de dinheiro que eu tô querendo trocar , estou pensando em comprar lá. Quem sabe uma carteira bapho atraia mais din din para que eu consiga comprar tudo que eu quero!
Desculpem a falta de fotos, mas a maioria do sites estão em flash e fica difícil pegar as fotos, mas com certeza eles valem a visita. =)

h1

Dúvida existencial

agosto 18, 2008

Que de existencial não tem nada. Aquele dilema de sempre algumas meninas já devem ter passado, ou todas até. Conheci o cara no  sábado. Lindo, bom papo e não entrarei em maiores detalhes( mas posso garantir que não fizemos nada proibido para menores de idade)! …E ainda por cima, jornalista com oa pessoa que vos fala. Feliz coincidência. Ficamos a noite toda juntos e ele me deixa em casa. Pega o meu tel. E a espertinha aqui ainda diz brincando ” dá um toque no meu cel pra ver se ele toca e eu não te dei o número errado…”  Isso só pra ter o tel do fofo gravado e me previnir caso ele não ligar. ele disse que ia me ligar, só não disse QUANDO e não, ele não ligou no dia seguinte( domingo) mas até aí eu dou uma abstraida porque ele disse que precisava trabalhar no domingo( sim, no caso de jornalistas isso pode ser verdade e não uma desculpa furada). E aí vcs me perguntam sobre orkut, msn e etc.  Ele até me perguntou se eu tinha orkut, mas eu disse que preferia que ele ligassse primeiro porque quando a gente pega esses outros meios, os caras ficam enrolando pra ligar.  Tá, eu sou patética. Mas já tive um exemplo prático dessa situação.

Agora, o lance é o seguinte espero até quando pra desencanar de vez ou ligar pra ele, se é que devo ligar? O problema é que não lido muito bem com telefones, não consigo ser a pessoa mais simpática do mundo, e fico meio sem assunto, além do mais que eu sempre acho que posso estar ligando numa hora inadequada  e o cara querer falar rápido ou ser meio frio e eu achar que o problema é comigo.

 Em tempo: já o encontrei no orkut, mas ainda não adicionei porque ele não passou o orkut dele. Apenas pelo nosso papo imaginei comunidades que ele poderia estar e acabou dando certo. Mando scrap?

E essas dúvidas todas partindo de uma garota que leu ” Ele simplesmente não está afim de voc~e” e se considera bem resolvida. Shame on me!

Mas e o que que as meninas super descoladas que lêem esse blog acham?

h1

Minha pele é melhor que uma frigideira…

agosto 14, 2008

 

Eu devo ter sido dermatologista em alguma outra encarnação. Acho que só isso explica o fato da minha pele me dar taanto trabalho, os meus hormônios ainda não se tocaram que eu não tenho mais 15 aninhos e trabalham a todo vapor produzindo óleo sem fim…Mas dizem que a vantagem da pele oleosa é que ela demora mais pra envelhecer, e de uma certa forma acho que até faz porque nunca vi a minha avó com espinhas, hahaha…Mas depois de anos usando várias coisas diferentes, vou mostrar o que eu gosto de usar e deu relativamente certo pra mim. Digo relativamente, porque nada do que eu experimentei até hoje me garantiu ” sensação de mentinha na pele por 24 horas…” E dermatologistas já me falaram que é uma característica da pele ser oleosa então querer “secá-la” demais pode ser um problema também. Mas como ninguém merece ficar com a pele brilhando, vamos aos produtos.

1. Sabonete Actine: Foi o meu preferido até agora, acho que ele limpa tão bem que as vezes o algodão do adstringente até sai branquinho…Ele possui aloe vera, ácido salicílico, enxofre e até um composto hidratande pra evitar a sensação de “repuxamento”. Lavo o rosto com ele umas 2 vezes por dia, no máximo 3…Até porque não se de lavar o rosto mais do que isso né.

2. Loção adstringente: no momento estou usando a da Neutrogena e estou gostando. Acho que quando ela acabar eu vou experimentar a da Clean and Clear anti cravos, vai que ajuda…Dizem que a top top das loções é a Beatriz da Dermatus, mas ela custa 82 reais e acho meio caro para uma loção. Mas há quem diga que vale cada centavo.

3. Cremes controladores: Comprei recentemente o Norma Derm FPS 15 e estou gostando bastante, não dá aquela super matificada , mas eu sinto…Como é que eu vou dizer, os meus poros assim ” se reorganizando” hahaha…Ante dele eu estava usando o T Zone da Clinique, junto com o protetor solar da Ávene, um dos melhores na minha opinião. Acho que uma idéia é usar o Norma Derm e por cima o matificante da Clinique. Eu já usei o matificante da contém 1g, e não achei essa maravilha toda que estão dizendo não. Pra mim, segurou por tipo uns 5 minutos a mais do que se eu não tivesse passado nada. O Plusage gel também foi reprovado.

 

4. De noite: Um ácido que eu usei e gostei bastante foi o Isotrexin que possui o mesmo príncipio ativo do Roucutan, o famoso remédio contra acne. Mas o Roucutan só é recomendado em casos MUITO graves, porque depois que você lê a parte da bula que chega nos ” efeitos colaterais” tem que ter muito sangue de leão para ir em frente. Mas ultimamente estou usando o Diacneal da Ávene, e a pele tem ficado ótima. Ainda guardo o Isotrexin para quando a situação está um pouco crítica, porque ele é bem forte, só vende com receita e como eu usei muito tempo acho que  a minha pele acabou ” viciando” nele e ele já não era mais tão efeciente. Por isso intercalo com o Diácneal.

5. Secante: Para dizer a verdade eu não confio muito em secantes, mas uso mais pelo efeito psicológico. Já usei um da Avon que achei que não deu efeito nenhum, e atualmente estou tentando me entender com o gel secativo da Clean and Clear, e por incrível que pareça eu adoro o cheiro dele. uso também o lápis secativo da Dermage, cujo objetivo é disfarçar e secar a espinha. Se seca que não sei, mas dá uma boa disfarçada… O problema é que ele só possui uma tonalidade.

6. Limpeza de pele: Já fiz algumas vezes, mas evito ao máximo por dois motivos: primeiro porque é uma tortura e por mais que a esteticista seja ” fofa” minha pele é muito branca e sensível e fica marcada e vermelha, não tem jeito. Segundo porque uma semana depois está tudo lá de novo, firme e forte. Não encontrei infelizmente nenhum produto que acabe com os cravos, só extraindo mesmo…claro que as vezes eu banco a esteticista( pecado!!!) e nem preciso dizer que o resultado é desastroso. Eu quero experimentar a da Anna Pegova( hidrosucção), mas não sei se o custo X benefício compensa…

7. Exfoiliantes:  Já usei o Ionax Scrub e o da Neutrogena( esse é legal porque é bem levinho e dá pra usar todo dia!) mas o meu preferido para uma exfoliação mesmo( tipo pra usar uma ou duas vezes por semana) é o Teracne.

8. Máscaras: Comprei a da Neutrogena que promete ” remover os pontinhos pretos” ( aham…), não chega a tanto mas dá um bom aspecto limpinho ao rosto. Agora o meu sonho de consumo é máscara de argila da Biotherm, eu ganhei uma demontração numa loja uma vez e é impressionante, parece que ela “suga” todas as impurezas do seu rosto. Nessa loja custava 154 reais. Também quero experimentar uma do Boticário,  também de argila já me falaram maravilhas sobre ela.

Bom essa é a minha rotina…E vocês o que usam?

Ps: O nome do post é uma brincadeira com o ótimo blog da dermatologista Luciana Chichierchio “Minha pele é melhor que a sua…”

h1

Homens de terno

agosto 11, 2008

Se tem uma coisa que eu gosto de fazer é olhar para um desconhecido(a) que me chame atenção e ficar imaginando como é a vida dessa pessoa. O que ele(a) como? Onde faz compras? Onde moraria? Será que tem problemas de relacionamento? Entre outras tantas perguntas que muito provavelmente nunca serão respondidas e não servem para nada, apenas para distrair a minha mente no caminho para o trabalho.

E tem um tipo em particular que eu gosto de observar: o homens de terno que povoam o centro da cidade. Sempre meio apressados, provavelmente porque precisam entregar algo urgente em algum prédio ou porque a hora do almoço naqueles restaurantes self services- mais- sofisticados- e -caro -demais- para -o- que- são nunca é suficiente.

E não importa a temperatura, eles sempre estão lá impecáveis, de terno. Exigência dos escritórios, i know. Mas juro que eu me perguntam como eles conseguem quando a temperatura bate os 40 graus. Tudo bem que dentro da empresa o ar condicionado é forte. Choque térmico, não né, imagina…

Mas eles estão alheios a todas essas minhas indagações, e continuam lá, com suas mochilas esportivas, para quebrar um pouco da informalidade imposta, com seus cabelos bem cortados, alguns poucos mais trangressores com rabo de cavalo… Ah, homens de rabo de cavalo despertam os meus pensamentos mais roqueiros, se é que vocês me entendem. Mas isso é outra história… Algum deles são tão bonitos que eu me pergunto porque não me esbarro na noite com um desses. Ah, claro, esqueci, eles devem ter namorada.

Alguns dos homens de terno, nem homens são ainda, mas sim meninos. Afinal, o mercado não perdoa e quanto mais cedo se começar melhor. De manhã, faculdade. De tarde e noite , trabalho. Mais a noite um pouco? Francês ou Espanhol até porque inglês todo mundo já sabe ou pelo menos deveria saber. Os que já não são tão meninos assim ocupam as noites com pós, MBAs e especializações de todo o tipo. Afinal, não se pode parar. Não é a toa que muitos deles já possuem uma saliência na região abdominal, mesmo com o metabolismo a favor. Tempo para esporte? Esquece…

Ah, sim mas sexta é dia de ver a namorada( para os que tem), já que a atenção dada nunca é sufiente. Ah, sim mulheres e a carência, a eterna carência… Mas o mercado é cruel com elas também, que fazem a mesma facudlade de 4 dígitos deles, e anda pelo centro da cidade de sapato chanel, cabelo de escova progressiva e terninho sem graça, não importa o quanto ele tenha custado.Mas abstrair é preciso e sexta feira é dia do cinema com o homem de terno.E depois japonês. E depois sexo. E depois barzinho com algum casal de amigos tão sem graça quanto os mesmos. E depois…bom, depois…Eu avisei que isso não ia dar certo.

Para os não comprmetidos, as luzes do fim de semana. Das boates, claro. Afinal, abstrair é preciso. E se for em um camrote com litros de vodca Absolut, melhor ainda. Hora de finalmente se livrar daquele terno e poder mostrar o carro que ganhou de presente do pai quando passou na faculdade. Domingo vem a ressaca, e os últimos estudos para não ficar pra trás no MBA, especialização, curso , blá blá blá…Hora de colocar o laptop na pasta. Segunda começa tudo de novo.

E eu volto e me deleitar com os homens de terno que me deixam realmente pensando se foram eles que escolheram suas vidas.ou se escolheram por eles.

h1

Back to black

agosto 2, 2008

Eu achei super legal o tratado das meninas do Oficina de Estilo  contra essa mania da galera de usar preto o tempo e para tudo. Ter um guarda roupa colorido exercita o nosso olhar e criatividade, faz a gente sacar melhor o que fica bem na gente, descobrir se somos do grupo das cores ” quentes” ou “frias”. Eu nunca fui das que usam preto sempre, aliás sou do tipo que já vai olhando logo as estampas e até esqueço que a gente precisa ter umas coisas mais basiquinhas no armário de vez em quando.

Mas confesso que numa fase black total, talvez por causa de mudanças ou de uma fase ” estou voltada para dentro porque quero me conhecer melhor”. Cheguei a essa conclusão ao constatar que das 5 peças que eu desejo comprar na minha loja preferida, 4 delas são pretas. A cor da outra? Rosa claro. Incrível como eu posso passar da cor mais pesada pra cor mais romântiquinha do mundo hahaha…Ah, mas um dos pretos tinha um laço lindo, o outro tinha brilhos…Nada de monotonia fashion. Daqui a pouco, sei que vou querer ser “arco- irís” de novo, mas por enquanto do gostando do meu ” black power”. 

Mas tem uma situação que eu faço questão de evitar o preto apesar de existirem alguns maravilhosos no mercado. Em festas. o motivo? 90% da ala feminina presente estará com essa cor. Essa é hora de investir em cor ,em estampas, em algo que te destaque. Na minha opinião, tem uma cor que é tiro e queda nessas horas, mas isso é assunto pra outro post…

Foto do enterro do Yves Saint Lauren, Claudia Schiffer, elegantérrima, e Valentino cor de cenoura e bronze.